Para que serve a vitamina K2?

/Para que serve a vitamina K2?

Para que serve a vitamina K2?

Apesar de menos conhecida, a vitamina K2 traz diversos benefícios para a saúde e vem se mostrando essencial para o nosso corpo.

 

Quando se fala em vitamina K, a primeira coisa que as pessoas citam é sua ação anti-hemorrágica. Inclusive, a vitamina K recebeu esse nome por agir na coagulação sanguínea, derivando da palavra dinamarquesa koagulation, que significa coagulação.

 

Mas ser responsável por parar o sangramento é apenas uma das funções das vitaminas K, grupo de vitaminas lipossolúveis.

 

Vários estudos revelam os benefícios da vitamina K2, a menaquinona, e confirmam: níveis adequados de Vitamina K2 pode reduzir em até 50% o risco de calcificação das artérias e doenças coronarianas.

 

O controle do cálcio pela vitamina K2

 

A Vitamina K2 MK-7 (menaquinona) participa de vários processos bioquímicos. Dentre suas funções, está o uso correto do cálcio pelo organismo.

 

Níveis adequados de vitamina K2 impedem que o cálcio se deposite em que não são apropriados, tais como as artérias, articulações e órgãos, o que pode causar diversos problemas de saúde, como aterosclerose, artroses, cálculo renal, cálculo vesicular e catarata.

 

As placas de cálcio são formadas ao longo da vida por meio de reações inflamatórias crônicas em resposta à micro lesões.

 

É isso que ocorre, por exemplo, na aterosclerose, onde o cálcio vai se depositando no tecido do vaso lesado. Eventualmente, essas placas podem se romper, causando infarto ou acidente vascular cerebral.

A Vitamina K2, portanto, direciona o cálcio para ser usado corretamente no organismo. Dessa forma, inibe a calcificação das artérias e aumenta a fixação do cálcio no osso, fazendo com que se construa ossos e dentes fortes.

A importância da vitamina K2 para os ossos

 

Todos os tecidos vivos requerem nutrientes para seu correto desenvolvimento e manutenção, tais como aminoácidos, ácidos graxos, minerais, vitaminas e água.

 

Com os ossos não é diferente. Caso não tenha todos os nutrientes necessários, os ossos enfraquecem, se tornam quebradiços, propiciando o desenvolvimento de osteoporose.

 

A Vitamina K2 MK-7 (saiba mais) regula a remodelagem óssea, processo necessário para manter a saúde do osso adulto. Esse processo envolve a remoção de ossos antigos e sua substituição por ossos novo, mantendo assim a densidade mineral óssea adequada.

 

Nos ossos, a vitamina K2 é responsável por manter o funcionamento adequado da osteocalcina, uma proteína secretada pelos osteoblastos (células ósseas) e envolvida na regulação da maturação óssea.

 

Tanto que a não ativação da osteocalcina pela Vitamina K2 é um marcador ósseo sérico para predizer o risco de fraturas ósseas, tão comuns nos idosos.

 

Outro benefício da vitamina K2 para os ossos é a potencialização da vitamina D, cuja principal função é melhorar a absorção de cálcio no intestino.

 

Como a vitamina D beneficia a absorção de cálcio, níveis adequados de vitamina K2 contribuiem para a saúde dos ossos, uma vez que promove a melhor absorção de cálcio na matriz óssea.

 

Já a falta da Vitamina K2 faz com que a Vitamina D contribua para o depósito do cálcio nas artérias.

 

Uma vez que fortalece a estrutura óssea, a suplementação com Vitamina K2 -MK-7 é indicada para a prevenção da osteoporose e fraturas ósseas.

 

 

A ação da vitamina K2 MK 7 no organismo

 

Como vimos, a vitamina K2 contribui para a correta utilização do mineral cálcio no organismo, mas como ela faz isso?

 

A vitamina K2 é importante para um grande número de vias bioquímicas. Sendo que a reação mais comum e dependente da vitamina K2 é a reação de carboxilação.

 

Para ser ativada e contribuir para a manutenção óssea, a osteocalcina deve passar pela reação de carboxilação dependente de vitamina K2.

 

Quando carboxilada, a osteocalcina é capaz de fixar o cálcio ao osso, promovendo assim a mineralização óssea. Já na deficiência de Vitamina K2 ela não sofre carboxilação. Desse modo, ela fica inativa e não consegue manter o cálcio ligado ao osso. Fato esse que pode torná-los fracos, aumentando assim os riscos de fraturas e doenças associadas.

 

A Vitamina K2 participa também da carboxilação da proteína Gla da Matriz (MGP). Esta proteína está envolvida diretamente com a inibição da calcificação arterial.

 

Quando carboxilada, a Gla impede a deposição de cálcio nas artérias e consequentemente a formação de placas enrijecidas e os riscos cardiovasculares decorrentes.

 

Já, quando essa proteína não passa pelo processo de carboxilação em decorrência da falta da insuficiência de vitamina K2, seu funcionamento é prejudicado, o que aumenta o risco de calcificação arterial.

Gostaram do post? Então deixe aqui embaixo seu comentário, dúvida ou sugestão!

 

 

 

 

By | 2019-01-03T21:33:56+00:00 January 3rd, 2019|academia, alimentação|0 Comments

Leave A Comment